Beleza | Estética

Publicado em 9 de Fevereiro de 2018 | por Nosso Jornal BM

Secar o cabelo ao natural pode causar mais dano que com secador, diz estudo

Um estudo publicado por seis médicos coreanos no “Annals of Dermatology” balançou as crenças sobre deixar o cabelo secar naturalmente após o banho versus usar secador para retirar a umidade dos fios.

Segundo a pesquisa, embora o uso da ferramenta cause mais danos à superfície (cutícula) do que a secagem natural, usá-la a 15 centímetros de distância e em movimento contínuo ocasiona menos prejuízos em geral — principalmente sobre o Complexo de Membrana Celular (CMC), parte importante do fio conhecida popularmente como “cimento capilar”.

Cuidado com as altas temperaturas

Apesar dessa conclusão impactante, os secadores não são totalmente inofensivos: “O principal problema dos aparelhos está nas altas temperaturas, já que o calor, a longo prazo, pode deixar os cabelos fracos e quebradiços. Se optar por utilizar o secador, use na menor temperatura, mantendo distância adequada dos fios para o menor dano térmico possível” explica Camila Saab, médica especialista em dermatologia e medicina do Envelhecimento Saudável, da Clínica Mais Excelência Médica.

Deixar os fios úmidos por muito tempo também é prejudicial, principalmente à noite: “Devemos secar o cabelo se for lavado antes de dormir. Apenas tirar o excesso de água com a toalha, sem esfregá-la nos fios é o ideal. Se for necessário usar o secador, opte por temperatura média, por poucos minutos, e não esqueça de aplicar um bom protetor térmico capilar”, pontua a dermatologista Bruna Rezende. Os fios úmidos são mais frágeis e quebram mais facilmente em atrito com o travesseiro. Além disso, o cabelo molhado favorece o surgimento de fungos e bactérias, responsáveis por descamações e quedas.

O cabeleireiro americano Stephen Knoll reitera o estudo coreano e diz que o segredo para usar o secador sem causar danos vai além da temperatura média e dos 15 centímetros de distância: “Não deixe o secador parado num ponto específico do cabelo, para não sobrecarregar a estrutura. O ideal é movimentá-lo sobre as mechas por igual. Não fazer isso é o erro mais recorrente que vejo por aí, no uso doméstico ou em salão”, esclarece o especialista, que já cuidou de famosas como Cindy  Crawford e Anna Wintour.

Foto: Reprodução

Tags: , , , , ,


Sobre o autor



Back to Top ↑
  • Publicidade

    nossojornal

  • Edição Digital

    Jornal Edição Fevereiro de 2018

  • Facebook

  • Publicidade

    nossojornal