Automobilismo

Publicado em 13 de novembro de 2017 | por Nosso Jornal BM

Vettel vence GP do Brasil

O alemão Sebastian Vettel ganhou o GP do Brasil, neste domingo, em Interlagos, sem muitas dificuldades. Mas quem deu show foi o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, que largou dos boxes e conseguiu chegar em quarto lugar, bem perto dos líderes Vettel, Valtteri Bottas, e Kimi Raikkonen. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, chegou em sétimo e se despediu do autódromo.

Na largada, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, ultrapassou Valtteri Bottas, da Mercedes, na primeira curva. O brasileiro Felipe Massa também largou bem e pulou para sexta lugar. Ainda na primeira volta dois acidentes diferentes levaram o safety car entrar na pista por algumas voltas.

Numa delas, Stofel Vandoorne, da McLaren, Kevin Magnussen, da Hass, e Daniel Ricciardo, da RBR, se tocaram e saíram da pista. Magnussen e Vandoorne abandonaram e Ricciardo conseguiu voltar. No outro, a Haas de Romain Grosjean tocou a Force India de Esteban Ocon, que levou a pior e saiu mais cedo da prova. Grosjean continuou.

Enquanto isso Hamilton já mostrava que iria fazer de tudo para se recuperar, já que largara dos boxes. Antes do acidente ele já tinha deixado alguns carros para trás. O carro de segurança, que ficou na pista até a volta 5, ajudou o inglês a ficar mais próximo do pelotão da frente. Na 21ª volta, já estava em quinto lugar, tendo ultrapassado nove carros, entre eles Fernando Alonso e Felipe Massa. E fez o que sabe melhor: volta mais rápida atrás de volta mais rápida.

Quando todos foram para os boxes, o inglês permaneceu na pista e assumiu a liderança temporária. Naquele momento, ele só tinha uma coisa a fazer. Acelerar fundo para tentar abrir uma vantagem que o deixasse perto dos primeiros colocados após sua parada para troca de penus.

Dos primeiros colocados, não conseguiu abrir muito. E foi para os boxes na 44ª volta. A vantagem que pôs na pista foi suficiente para retornar em quinto lugar, atrás de Verstappen. Ele precisou de 15 voltas para chegar no holandês e ultrapassá-lo sem problemas.

A próxima presa era Raikkonen, que estava a mais de quatro segundos de distância. Hamilton diminuiu a diferença com facilidade. Na 65ª, ele encostou mas os pneus supermacios estavam bem desgastados e não foi possível chegar ao pódio.

Foto: Evaristo Sá

Tags: , , , ,


Sobre o autor



Back to Top ↑
  • Publicidade

    nossojornal

  • Edição Digital

    Jornal Edição Novembro 2017

  • Facebook

  • Publicidade

    nossojornal